quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A ignorância se refere à falta de conhecimento, sabedoria e instrução sobre determinado tema, ou ainda à crença em elementos amplamente divulgados como falsos. Em situação em contrapartida o ignorante estabelece critérios que desclassifiquem o conselho alheio, em prol da sua falta de conhecimento, busca estabelecer ideias falsas sobre si mesmo e o mundo que o cerca de forma errônea,que desagrade aqueles que o cercam. Ignorância é não saber, e não saber que não se sabe.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Foto: Agnaldo Ribeiro
"Dou um passo atrás,
Apenas para encontrar a mim mesmo!
A porta está fechada de novo
A única saída!
Esta tempestade está me quebrando..."

(Black Label Society)

domingo, 9 de janeiro de 2011

"Escrevo para armar , nesse bunker ensolarado e sem muros, minha própria sociedade secreta, para tramar minhas conspirações, para abandonar-me ao deleite do complô. Escrevo porque é a maneira mais barata, mais divertida e mais impune de ser clandestino.
" (Alan Pauls)

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Mulher Balzaquiana

•••… uma mulher de 30 anos possui irresistíveis atrativos... uma menina possui demasiadas ilusões, demasiada inexperiência, o sexo é demasiado cúmplice do seu amor... uma mulher, pelo contrário, conhece toda a extensão dos sacrifícios que tem de fazer. (…)… ao entregar-se, a mulher experimentada parece dar mais do que a si mesma; enquanto a jovem, ignorante e crédula, não sabendo nada, nada pode comparar nem apreciar... (…)…. uma mulher tem mil meios para conservar simultaneamente o seu pudor e a sua dignidade. (…) a mulher tem inúmeras seduções e oculta-se debaixo de mil véus. (…) Manifestam-se, aliás, indecisões, receios, temores, tempestades, na mulher de 30 anos que são impossíveis de encontrar numa garota. (…)… a mulher de 30 anos pode tornar-se uma menina, desempenhar todos os papéis, ser pudica e ir ao ponto de se embelezar com uma infelicidade.

Honoré de Balzac

**

a arte de dizer não.

Eu gosto de infâmia. Por isso sem meias verdades aqui. Tenha a bondade!