sexta-feira, 1 de março de 2013

Conheci uma pessoa importante demais, honesta demais, correta demais, santa demais, benevolente demais, ela é tão "D+" que não sobra nenhum espaço para ser imperfeita e maravilhosamente humana.

a arte de dizer não.

Eu gosto de infâmia. Por isso sem meias verdades aqui. Tenha a bondade!